70 festas irregulares foram desmobilizadas em Porto Seguro nos últimos 7 dias


Setenta festas irregulares foram desmobilizadas entre os dias 28 de dezembro e o último domingo (3), em Porto Seguro. A maioria dos eventos aconteceram nos distritos de Trancoso e Arraial D’Ajuda.

Um decreto baixado pelo governo do estado proibiu os festejos em qualquer número de participantes de dezembro a janeiro. Uma liminar, pedida pela prefeitura da cidade, chegou a autorizar as festas, mas foi derrubada logo depois por outra decisão judicial. 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o policiamento foi reforçado para evitar eventos em casas de alto padrão, bares e vias públicas.

Entre as festas encerradas está um evento com mais de 700 pessoas, em um imóvel que pertence à cantora Elba Ramalho, no distrito de Trancoso. A festa está sendo investigada pela polícia. O imóvel estava alugado desde o dia 25 de dezembro.

A Polícia Militar informou que a multidão estava aglomerada e desrespeitando os protocolos de saúde para conter a disseminação do novo coronavírus. Elba Ramalho afirmou que não participou da festa e que não sabia da realização do evento.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de G1

Comente com Facebook