Sem apresentar projeto e pegando carona em obra federal, prefeitura de Porto Seguro pede desapropriação de imóveis

A prefeitura de Porto Seguro através da secretaria municipal de Comunicação, SECOM, emitiu um comunicado oficial requerendo o que eles chamaram de “utilização irregular” de solo pertencente a área de recuo da BR 367.

O comunicado pegou o empresariado de surpresa, já que a prefeitura não apresentou projeto, nem o cronograma das obras.

“A obra é do governo federal, a verba foi destinada por Bolsonaro. A prefeitura não tem nada haver com isso, não entendi o porquê ser conduzido desta forma”, disse um hoteleiro procurado pelo Namidia News.

A obra é um sonho antigo da população e do empresariado, só precisa ser conduzida as tratativas, com mais jeito pelo poder público municipal.

Segue na íntegra o comunicado emitido pela prefeitura:

Por Redação Namidia News

Comente com Facebook