Projeto de Porto Seguro está entre as 10 soluções mais inovadoras de 2021

Um projeto de Porto Seguro está entre as 10 Soluções mais Inovadoras de 2021 para implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Brasil, apoiados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Trata-se do serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater), prestado pelo Instituto Mãe Terra, instituição contratada pelo projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva.

Os ODS fazem parte de um plano de ação mundial que possui os seguintes objetivos:

  • eliminar a pobreza extrema e a fome,
  • oferecer educação de qualidade ao longo da vida para todos,
  • proteger o planeta,
  • promover sociedades pacíficas e inclusivas até 2030.

O Instituto Mãe Terra desenvolve a iniciativa “Alimentação e saúde para o bem viver”. Ela é realizada nos Assentamentos da Reforma Agrária Fruto da Terra, em Porto Seguro, e 02 de Julho, em Eunápolis, e em cinco Aldeias Indígenas Pataxó de Porto Seguro.

Altemar Felberg, representante do Mãe Terra, aponta que as ações fazem parte da estratégia de segurança alimentar e nutricional (SAN) do Bahia Produtiva, visando fortalecer a SAN por meio do incentivo à produção e o consumo de produtos da sociobiodiversidade territorial e de plantas alimentícias não convencionais (PANC).

“Com o trabalho de ATER realizado nas comunidades, agricultores familiares sensibilizados, que passaram a produzir alimentos para sustento e consumo familiar, hoje reconhecem o valor nutricional dos alimentos que produzem em seus quintais e passaram a perceber o diferencial e valor de seus produtos”, disse Felberg.

O Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 (GT Agenda 2030) e o Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS) fizeram a seleção por meio de chamada pública, que recebeu 74 propostas das cinco regiões do Brasil.

Assim, os projetos selecionados farão parte do III Seminário de Soluções Inovadoras para o Desenvolvimento Sustentável, previsto para o mês de junho; participarão de uma publicação para que sejam conhecidas por potenciais apoiadores e investidores; e receberão mentoria qualificada para potenciar as ações.

A Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) do estado da Bahia, é quem executa o Bahia Produtiva. O projeto é cofinanciado pelo Banco Mundial.

De acordo com dados registrados até abril de 2021, o Bahia Produtiva já contabiliza 42.272 famílias de agricultores e agricultoras atendidos pelo projeto, com investimento de R$559,6 milhões em 1.263 ações de inclusão socioprodutiva e acesso ao mercado, desenvolvidas em todas as regiões da Bahia.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional

Comente com Facebook