Porto Seguro promove Maio Amarelo em prol do trânsito seguro

Em alusão ao Maio Amarelo, neste ano com o tema “Nós Somos o Trânsito”, a Prefeitura de Porto Seguro, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Serviços Públicos e a Superintendência de Trânsito, está realizando várias ações voltadas à segurança no trânsito no município, em suas vias urbanas, vicinais e BR 367.

O Movimento Maio Amarelo tem uma proposta importante: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. A ideia é alertar sobre direção defensiva e conscientização para redução de acidentes de trânsito. “O trânsito deve ser seguro para todos em qualquer situação”, frisa o superintendente de Trânsito, Paulo Souto.

Mobilização

Na manhã desta quinta-feira, 23, a equipe municipal da Superintendência de Trânsito esteve no Posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), distrito de Vale Verde, fazendo uma ação junto à comunidade e motoristas que passaram pelo local. Entre as atividades educativas, contou com o apoio da equipe do subtenente Hipólito da PRE; supervisão do Setor de Trânsito de Arraial d’Ajuda e servidores da pasta da Saúde, que realizaram aferição de pressão arterial, exames rápidos e orientações para uma vida saudável, alertando sobre a importância do motorista ter boa noite sono, nunca fazer algo de bebida alcoólica e estar atento para uma direção segura.

No dia 30, uma grande ação de encerramento da campanha será feita na Avenida Getúlio e Vargas e 22 de Abril, em Porto Seguro, na qual, toda a população é convidada a participar, a fim de que a direção defensiva seja uma cultura na cidade de Porto Seguro.

O secretário da pasta de Trânsito e Serviços Públicos, Fábio Costa, aponta que “a  intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos, como órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas”, concluiu.

Comente com Facebook