Porto Seguro não vai parar apesar do toque de recolher na Bahia

O toque de recolher imposto pelo governador da Bahia, Rui Costa, tem causado transtornos e prejuízos aos empresários e hoteleiros de Porto Seguro.

A cidade que continua funcionando normalmente, tem tido muitos cancelamentos de reservas devido ao erro na interpretação da lei.

“O decreto estadual fala sobre o toque de recolher das 22 hrs as 05 hrs da manhã e não de lockdown, quando a cidade é fechada. Isso tem causado uma série de cancelamentos de reservas”, explicou o empresário Vinícius Brandão, sócio-proprietário da rede Bem Bahia de hoteis.

“É preciso esclarecer que todos os hotéis, restaurantes e passeios turísticos estão funcionando. Algumas pessoas estão confundindo, achando que a cidade está fechada e não está. Estamos trabalhando seguindo os protocolos e as orientações da Anvisa e das secretarias de Saúde. Das 22h às 05h fecham os estabelecimentos para evitar aglomerações, mas está tudo funcionando”, afirmou Vinícius.

Desde o início da pandemia, a cidade de Porto Seguro tem aplicado as normativas estabelecidas pela OMS.

O toque de recolher estabelecido pelo governo do estado, tem sido alvo de críticas de empresários e hoteleiros da cidade, já que os números apresentados pela secretaria municipal de saúde, dão o Coronavirus como controlado na cidade.

“Precisamos esclarecer e tranquilizar os turistas que visitam nossa cidade, que Porto continua linda, protegida e de braços abertos. Vale lembrar que toque de recolher, não é lockdown”, finalizou o empresário.

Fonte: Namidia News

Comente com Facebook