Pescador é surpreendido com tubarão na Costa de Porto Seguro

Um pescador foi surpreendido por um tubarão ao puxar a sua rede no início da manhã desta segunda-feira (13), em Porto Seguro.

O animal, que pesa cerca de 120 quilos e três metros de comprimento, estava vivo e preso na rede.

Aliomário Peixoto, 49 anos, informou que tem a pescaria como profissão há, pelo menos, três décadas.

Ele disse que costuma pescar camarão, mas que, desta vez, foi surpreendido por um tubarão da espécie tigre.

Como o tubarão-tigre é listado como ameaçado de extinção pela União Internacional para a Conservação da Natureza, Aliomário disse que resolveu soltá-lo no mar.

A captura ocorreu a três milhas (cerca de sete quilômetros) da Costa de Porto Seguro.

O pescador conta que não é a primeira vez que fisga um tubarão. “Também já peguei outros peixes grandes, como o mero. Mas sempre solto os animais ameaçados de extinção”, disse ele.

O especialista  José Truda Palazzo, co-fundador da Divers for Sharks, projeto de mergulhadores em prol de tubarões, também assistiu ao vídeo. Ele disse que os tubarões-tigres costumam aparecer na região de Porto Seguro, que fica perto do arquipélago de Abrolhos, nesse período, por causa da temporada de reprodução das baleias jubarte, que acontece entre os meses de julho e novembro. 

O mergulhador, que também é consultor ambiental, disse que, assim como as baleias se reproduzem, muitas também acabam morrendo. Por isso, as carcaças ficam boiando no mar e atraem os tubarões. 

José Truda explicou que as espécies do animal, em geral, estão desaparecendo da costa brasileira. Ele disse que o país não tem um monitoramento correto dos tubarões há mais de uma década e não há pesquisas que esclareçam o por quê do desaparecimento. 

Truda também elogiou os pescadores que devolveram o tubarão ao mar. Ele disse que foi um ato digno e raro, pois a pesca dos tubarões gera um grande impacto no equilíbrio marinho. 

“A pesca artesanal infelizmente tem um impacto muito grande nos tubarões no Brasil e é extremamente raro ver um pescador soltar um animal [tubarão-tigre]. Ficamos super felizes. A consciência ambiental, finalmente, está chegando em alguns”, comentou o mergulhador.

Redação Namidia News, com informações Radar 64, Divers For Sharks

Comente com Facebook