Motorista é detido após causar acidente com casal e bebê em Porto Seguro

Um motorista foi detido após causar um acidente, que deixou um casal e um bebê de 9 meses feridos e fugir sem prestar socorro as vítimas, na noite de domingo (11), na BR 367, em Porto Seguro.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), tudo começou, quando os agentes federais foram acionados para atender um acidente na altura do quilômetro 46 da rodovia.

A equipe saiu para o local informado e durante o trajeto foram informados que o motorista de um carro, teria causado um acidente e fugido sem prestar socorro. 

Com base nas informações, os policiais localizaram o carro parado no pátio de um posto de combustível.


De acordo com a PRF, o veículo apresentava danos e um homem realizava a troca de um dos pneus. 

Segundo o órgão, inicialmente, ele negou que fosse o motorista do carro, mas sua versão foi desmentida pelos familiares que o acompanhavam. Em seguida, ele confessou ter se envolvido no acidente com a motocicleta, que era ocupada por um casal e um bebê de 9 meses. 

O motorista, ainda de acordo com a PRF, relatou que decidiu sair do local por ser motorista profissional e temer perder sua carteira de habilitação.

O órgão informou que ele apresentava sinais evidentes de embriaguez, mas recusou-se a ser submetido ao teste com o bafômetro. Os próprios familiares testemunharam que ele fez uso de bebida alcóolica. 

Em continuidade a ocorrência, os policiais se deslocaram ao Hospital Regional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. Na unidade hospitalar, foram informados que as vítimas receberam atendimento médico. 

O casal apresentava fraturas pelo corpo. Já o bebê estava com escoriações e pequenos arranhões, além de uma lesão no pé. 

Ainda segundo a PRF, o motorista foi encaminhada à Polícia Judiciária local, para os procedimentos legais. Entre os crimes praticados está o de Omissão de Socorro, Lesão Corporal Culposa na direção de veículo automotor e Fuga do local do acidente.

Flagrantes

Durante as atividades de fiscalização de domingo, policiais rodoviários federais flagraram 20 motoristas dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais. Foram realizados 296 testes de alcoolemia. 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os motoristas autuados por embriaguez tiveram suas carteiras de motorista recolhidas. Eles pagarão multa no valor de R$ 2.934,70 e terão o direito de dirigir suspenso por 12 meses. O valor dobra se o caso for de reincidência nos últimos 12 meses. 

Redação Namidia News, com informações G1 BA/ PRF. Fotografias divulgação PRF

Comente com Facebook