Lideranças, professores e ativistas lançam manifesto em apoio a Chico Cancela e Neilton da Cruz

Professores, lideranças comunitárias, ativistas de vários movimentos sociais e artistas de Porto Seguro e de outras cidades do país lançaram.

Neste sábado, (8), o manifesto “Esperançar [email protected] para mudar Porto Seguro”, em apoio à pré-candidatura de Chico Cancela e Neilton da Cruz (PSOL), para a prefeitura municipal. O documento foi publicado nas redes sociais e conta com mais de 200 assinaturas, entre elas a do ex-candidato à presidência da república Guilherme Boulos (PSOL), do deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) e do deputado estadual Hilton Coelho (PSOL-BA).
Também conta com a presença de nomes conhecidos da cidade, como o do presidente da APLB Deustede Viana, do ex-cacique de Aldeia Velha Ângelo Pataxó e do de Dodi Leal, primeira professora trans da UFSB.

O manifesto é uma espécie de apresentação da pré-candidatura do PSOL. Começa falando do momento de incerteza que o país enfrenta, avalia os impactos da pandemia na vida da cidade e convida a população a ter esperança. De acordo com o texto, o pós-pandemia pode ser um “momento privilegiado de refundar Porto Seguro, construindo, com um governo democrático e popular, um outro modelo de cidade: radicalmente democrático, ambientalmente sustentável, socialmente justo, territorialmente integrado, economicamente diversificado e culturalmente plural”.

Para o pré-candidato Chico Cancela, o manifesto é uma forma de envolver as pessoas no debate político. “Com a proximidade do processo eleitoral, precisamos discutir os principais problemas que afligem a maioria da população da cidade e isso exige vontade política de enfrentar os grandes interesses que fizeram de Porto Seguro uma cidade alegre, organizada e segura para os turistas e uma cidade caótica, violenta e excludente para seus moradores”.

Na noite deste sábado, Chico e Neilton farão uma live para apresentar o manifesto à população. Quem fazer a leitura do documento pode encontrá-lo nas redes sociais dos pré-candidatos. Lá também é possível fazer a assinatura do manifesto, como uma forma de interação com os eleitores.

Comente com Facebook