Funcionários do Hospital de Porto Seguro ameaçam greve por falta de pagamento

Sem receber salário desde dezembro, funcionários estão desesperados com quase dois meses de atraso de salário do Hospital Deputado Luís Eduardo Magalhães (HDLEM) de Porto Seguro.

Funcionários entraram em contato com o Namidia desde a semana passada, alegando que a administração sempre remarcava uma nova data para pagamento e nisso, dois meses passaram e seguem sem salário.

“Nós trabalhamos para viver! O cartão de crédito não vai entender que o salário está atrasado, o juros já está rodando e não terei nem condições mais de pagar!”, disse uma funcionária.

“O aluguel e as compras de casa não esperam! As contas não esperam! Já são quase DOIS meses! É um descaso que não dá pra entender!”, disse um outro funcionário.

Apesar das denúncias que recebemos serem dos funcionários de CLT, médicos já ameaçam também a fazer greve devido a falta de pagamento.

A empresa que faz o pagamento dos funcionários é terceirizada, a IGH, e ela recebe o dinheiro do governo do estado para repassar aos funcionários.

O Namidia esteve durante toda a semana tentando contato com a empresa para saber se havia alguma previsão, mas não obteve resposta até o momento dessa publicação.

Vale lembrar que o Hospital atende pelo menos 8 municípios da região, então pode gerar um colapso em atendimentos de saúde pública da região.

Comente com Facebook