Disputa de cinturão no Bahia BJJ em Porto Seguro marca a história do jiu-jítsu na Bahia

A primeira edição do Bahia BJJ, maior evento de lutas casadas de jiu-jítsu da Bahia realizado pela FBJJO em Porto Seguro marcou a história do Jiu-jítsu na Bahia.

Em busca de estar entre os melhores do Brasil, o BAHIA BJJ realizou sua primeira edição neste sábado (31), em um cenário deslumbrante no Complexo de lazer Toa Toa, localizado na orla norte de Porto Seguro.

O evento que marcou a volta aos trabalhos da Federação Baiana de Jiu-Jitsu FBJJO em meio à pandemia do novo coronavírus, tomando todos os cuidados necessários para evitar a contaminação, o diretor geral da FBJJO e organizador Washington Sampaio conseguiu em pouco tempo, juntar atletas de alto nível para o campeonato.

Quem assistiu o Bahia BJJ não se decepcionou. Na luta principal, Igor Dias e e Jhonathan Pio, ambos de Porto Seguro travaram uma verdadeira guerra com coração, que terminou com vitória do Pio.

Jhonathan Pio

“O trabalho que a FBJJO vem desenvolvendo em nossa região é diferenciado. O evento BAHIA BJJ ocorrido no sábado passado foi incrível, colocou o Jiu-jítsu de Porto Seguro e região em outro nível.
Já participei de vários eventos chegando a dividir o pódio com grandes nomes do esporte como exemplo Leandro Lo e Dimitrius Souza. E como líder da Head Hunters BJJ posso falar que só temos a agradecer a FBJJO o que vem fazendo por nós atletas e professores de jiu-jitsu. Iniciei o Jiu-jítsu no final dos meus 15 para 16 anos, estou próximo a completar 31 anos no final deste ano. Agradeço a minha equipe Head Hunters BJJ e meus alunos, ao professor Cemilton Reis, a Farmares, Academia Ativa e Pio’s Caldos & Bar que me apoiaram.” Relatou Jhontathan Pio

Igor Dias


“ O Bahia BJJ foi um evento sensacional, foi uma luta incrível, inúmeras pessoas enviaram mensagens, tivemos muita visibilidade com esse grande evento, fiquei honrado e feliz pelo convite, Washington mudou o patamar do jiu-jítsu na região, ele é muito competente no que faz, ele soma muito no mundo do jiu-jítsu. Eu faço jiu-jítsu a 12 anos. Já fui quatro vezes campeão brasileiro, sou vice-campeão mundial, fui campeão baiano, fui campeão da Copa América, 28 vezes campeão regional, honro a Deus e agradeço com humildade.” Igor Dias

No card tinha mais uma luta de faixa-preta, quem levou a melhor foi Diego Almeida do município de Itabuna, vitorioso diante de Charles Moitinho de Vitória da Conquista.

Diego Almeida

Já no aguardado confronto entre Laiandra Santos do município de Eunápolis e Miliane Victor de Teixeira de Freitas, muita expectativa e muita técnica, com a guerreira Laiandra vencendo o combate.

Laiandra e Miliane

Além de lutas eletrizantes, quem assistiu através do canal do YouTube da Federação Baiana de Jiu-jítsu teve o prazer de ver o a emoção dos atletas dentro do tatame.

A equipe de arbitragem foi formada por três grandes nomes da arbitragem no cenário nacional de jiu-jitsu, Rodrigo Araújo, árbitro profissional e diretor de arbitragem da Federação Baiana de Jiu-jitsu, Kaike Luz árbitro profissional da Federação Baiana de Jiu-Jitsu e Alexandre Cardoso árbitro profissional da Federação Baiana de Jiu-Jitsu.

“O Jiu-Jitsu baiano tem grandes feras, e os atletas que saíram por contusões foram substituídos à altura, tenho certeza de que os que entraram deram o seu melhor para que o evento fosse um sucesso. Quando começamos a montar o Card, pensamos em atletas que tem o jiu-jitsu pra frente, sendo assim, criamos uma particularidade no tempo de luta justamente dar mais giro nas lutas, pois em quem estava em casa assistindo não queria ver lutas travadas, obrigando o mesmo a lutar de forma mais ofensiva possível até o fim.” Relatou Washington Sampaio, diretor geral da FBJJO


Ao todo, foram 13 lutas, com duelos para todos os gostos e envolvendo diversas gerações da arte suave.

Campeões do Bahia BJJ

Luta 1 – Juvenil – Antônio Carlos – Simetria Fight – Itabuna
Luta 2 – Adulto – Matheus Emanuel – CTFC Fábio Campos – Porto Seguro
Luta 3 – Adulto – Nicolas Vieira – Carranca Team – Eunápolis
Luta 4 – Davi de Jesus – Simetria Fifgt – Teixeira de Freitas
Luta 5 – Laiandra Santos – Carranca Team – Eunápolis
Luta 6 – Thiago Dantas – Simetria Fight – Itabuna
Luta 7 – Anderson Teixeira – Amauri Robson – Vitória da Conquista
Luta 8 – Paulo Roberto – Simetria Fight – Teixeira de Freitas
Luta 9 – Matheus Galvão – Equipe Simetria Fight – Teixeira de Freitas
Luta 10 – Vitor Hugo – Union Team – Eunápolis
Luta 11 – Bruno Rodrigues – Simetria Fight – Itabuna
Luta 12 – Diego Almeida – Alliance Jiu-Jitsu- Itabuna
Luta 13 – Jhonathan Pio – Head Hunters BJJ- Porto Seguro

Washington Sampaio, ainda anunciou uma próxima edição do evento, porém não divulgou data e nem a cidade, deixando os amantes da arte suave e os atletas curiosos.


“A idéia de fazer a pesagem no Point Açaí foi bem acertada, pois conseguimos ter a visibilidade que queríamos, envolvendo atletas e o público. Com a transmissão levamos uma experiência pouco comum na vida das pessoas que não acompanham as lutas, isso vai gerar interesse de muitos a praticar o jiu-jitsu.
Quero aproveitar e deixar um recado para quem ama o Jiu-Jitsu: não deixe de prestigiar estes espetáculos de jiu-jitsu, se não presencialmente, através do nosso canal do YouTube. Tenho certeza que sempre será um grande show, aproveito a oportunidade para agradecer:
Point Açaí, Frutyba, Geloso, Toa toa, Alessandro Cesário Fisioterapia, Workaut, Acemik Serviços Gráficas, Portal de Negócios, Click Conecta, YaaYoo Agencia de Marketing Digital, Samurai Fight, Sinais Visuais, Pizzaria Dellizia, Luciana Bittencourt e o Namidia News. Finalizou Washington Sampaio

O BAHIA BJJ é o evento esportivo com o maior numero de visualizações em comparação a outros eventos ao vivo realizados na Bahia.

Confira tudo o que rolou no evento pelo canal da Federação Baiana de Jiu-jítsu no YouTube:

https://m.youtube.com/federacaobaianadejiujitsufbjjo

Redação Namidia News, fotografias cedidas pela FBJJO

Comente com Facebook