Casal de Porto Seguro têm gêmeos siameses e precisa de ajuda com os custos da cirurgia e tratamento dos bebês

Pâmela, de 20 anos, e Wender, de 23, realizaram o sonho de se tornarem pais com a chegada dos gêmeos Nathan e Natanael. Mas os pequenos vieram a este mundo já com uma batalha a enfrentar: siameses, nasceram grudados pelo tórax e fígado.

O caminho para o tratamento é longo e exige diversas cirurgias, exames, cuidados especiais e um rigoroso acompanhamento médico. Além disso, o coração de um dos bebês apresenta descompasso, situação que exigirá uma cirurgia cardíaca.

Sabendo que a família precisará de ajuda, lançamos uma vaquinha na VOAA para que eles possam ter um melhor suporte financeiro. Faça a sua contribuição!

Mudança de vida

Pâmela e Wender não pensaram duas vezes quando viram a necessidade dos filhos: de Porto Seguro (BA), deixaram tudo pra trás – incluindo o emprego e suas famílias – para buscar tratamento para os meninos em Salvador.

A condição dos bebês não foi uma novidade que o casal descobriu após o parto. Eles já sabiam que os garotos eram siameses enquanto Pâmela estava no pré-natal e decidiram seguir com a gravidez, pelo amor que têm aos bebês.

Hoje, a família mora em uma casa de apoio localizada na capital, que fica perto do hospital onde os gêmeos estão sendo cuidados. O casal não tem renda e vivem apenas com o auxílio-maternidade.

Cirurgias serão feitas em São Paulo

As duas cirurgias iniciais, de separação e do coração, serão feitas em São Paulo, pelo SUS. Mas, pela urgência do caso, o hospital não descarta a ajuda de outros centros médicos.

Todo o dinheiro da vaquinha será para ajudar a família a custear o tratamento, incluindo exames, consultas e a estadia e moradia da família até que os pais possam voltar a trabalhar. Além disso, Wender pretende comprar uma moto para que consiga fazer entregas, garantindo o mínimo de sustento para todos.

Fonte: Razões para acreditar.

Comente com Facebook