Após pressão, Jânio Natal volta atrás, pede desculpas e altera horário de carga e descarga

O prefeito Jânio Natal parece que ainda não se encontrou no cargo.

Desde que assumiu, Jânio tem tomado atitudes que não condizem com o cargo que ocupa.

Várias são as histórias de perseguição, rompantes e decisões unilaterais, sem consultar a opinião pública e até mesmo o Ministério Público.

Tendo o controle quase que total sobre a Câmara de Vereadores, Jânio tem aprovado projetos que logo depois são revogados e até “aconselhados” pelo MP para voltar atrás.

Por outro lado, o prefeito mostra que sabe reconhecer seus erros e voltar atrás. Em alguns casos até pedir desculpas, como agora com o episódio do horário de carga e descarga no município.

Jânio havia feito uma lei proibindo a carga e descarga no município de 9 da manhã às 11 da noite.

O prefeito foi duramente criticado pela atitude e cobrado pelos empresários, que mostraram que o horário inviabilizava os negócios e ainda subia o custo e os preços dos produtos na cidade.

Após a mudança, a proibição da descarga na cidade, ficou das 17 às 23 horas, horário de pico no trânsito, principalmente no centro.

Parabéns ao prefeito por reconhecer o erro e corrigi-lo, mas, o que se espera de um administrador moderno é que consulte a população antes de tomar medidas que interferem diretamente no coletivo.

Zona Azul

Outra cobrança dos empresários ao prefeito é a volta da Zona Azul.

O prefeito ainda encontra-se reticente, mas a verdade é que também nesse caso, o prefeito precisa rever sua decisão.

Depois que acabou a Zona Azul, o estacionamento no centro da cidade virou um caos e os empresários cobraram do prefeito uma atitude.

Jânio prometeu consultar a população antes de tomar uma decisão.

Nos próximos dias, uma audiência ou consulta pública deve ser realizada na cidade para saber se volta ou não a funcionar a Zona Azul.

Da Redação Namidia News

Comente com Facebook