Alma Assessoria desenvolve projeto de aleitamento materno em Porto Seguro

Durante todo o mês de agosto, acontece no Brasil o Agosto Dourado, campanha que luta pela intensificação das ações de promoção, proteção, apoio ao aleitamento materno e incentivo a doação.

Em meio à campanha, há também a Semana Mundial de Aleitamento Materno, SMAM.

Cujo tema deste ano foi apoiar a Amamentação para um planeta mais saudável.
As enfermeiras Sarah Leite e Mônica Filipin, consultoras de aleitamento materno da ALMA ASSESSORIA MATERNO INFANTIL, contam com valorosos parceiros, AMIGOS DO PEITO (pediatras, odontólogos, enfermeiros e nutricionistas) e vêm desenvolvendo um belíssimo projeto a cerca de um ano em Porto Seguro.

Sarah Leite e Mônica Filipin

De acordo com as profissionais, já não há dúvidas de que o leite materno é o padrão ouro da alimentação para os lactentes. O processo de conscientização vai para além, amamentar também protege a saúde das mamães, do planeta, protege nosso ar, nossa água. Contribui com a justiça social e redução da pobreza.

“Para uma mãe amamentar é preciso mais do que leite no peito, é preciso incentivo, apoio, informação, proteção e o envolvimento da família, onde auxiliamos no processo de consultoria”.

Também é inquestionável que o aleitamento é fundamental, desde a sala de parto, exclusivo e em livre demanda até o 6º mês e estendido até 2 anos ou mais.

“São indiscutíveis os benefícios fisiológicos, psicológicos e sócio-econômico-culturais da prática do aleitamento materno para a díade mãe/bebê”, afirma.

Sarah acrescenta que o ato de amamentar constrói laços de segurança e amor entre mãe e filho, com reflexos na estrutura psicológica da pessoa para toda a vida.

“Atualmente, é considerada uma consultoria que promove o aleitamento, auxiliando a puérpera, ensinando a maneira adequada, o processo de amamentação é um aprendizado.

O aleitamento traz inúmeros benefícios à saúde da mulher, como a redução das chances de desenvolver câncer de mama e de útero. A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde é que os bebês recebam exclusivamente o leite da mãe durante os primeiros seis meses de vida.

Perguntas e respostas:

Meu esposo pode participar do curso?

Sim! Não só ele, mas toda sua rede de apoio. As informações compartilhadas serão norteadoras de manejos seguros. A ideia é promover segurança para os enfrentamentos.

Mas como e quando doar leite materno?

A doação de leite deve ser feita para os bancos de leite. Ao contrário do que muitos pensam, o leite doado não pode ser ingerido por outra bebê de forma tão simples. Antes é preciso um processo seguro de coleta e posterior pasteurização do leite para garantir segurança. Infelizmente na nossa cidade não temos um banco de leite. Ainda temos muito a lutar.

Ele pode ser congelado?

Sim! O leite materno pode ser congelado desde que consumido pelo bebê da mãe que ofertou. O processo de coleta também deve seguir algumas recomendações. Sua validade em congelador comum é de 15 dias.

Cursos:
Preparação para a amamentação;
Preparação para a chegada do bebê;
Primeiros socorros infantil;
Assessoria enxoval consciente;
Formação e Qualificação de Cuidadores Infantis;
Consultoria em amamentação;
Consultoria do sono infantil com ênfase na disciplina positiva.

Informações: (73) 99990-3151

Números de mães que a ALMA já atendeu?
Várias famílias já foram acolhidas ao longo desse um ano, tanto em Porto Seguro como em outros estados do Brasil através da modalidade online.

Redação Namidia News

Comente com Facebook