Policlínica vai ser inaugurada e Cordélia Torres deixa Eunápolis de fora

Policlínica vai ser inaugurada e Cordélia Torres deixa Eunápolis de fora

Faltando pouco menos de 24 horas para inauguração da Policlínica regional, a prefeita Cordélia Torres ainda não aderiu ao consórcio de saúde, deixando Eunápolis de fora.

Cordélia ainda não se pronunciou oficialmente o motivo da não adesão, mas fato é que quem perde é a população.

A policlínica que será inaugurada nesta quinta-feira (10), em Eunápolis, vai contar com a presença do governador Rui Costa.

Quem ganha?

Assim como Eunápolis, Porto Seguro também não aderiu, com isso, ganha a população dos outros 06 municípios conveniados, que vão dividir as mais de 5000 ofertas de procedimentos mensais que seria destinado a população das duas cidades.

O governador Rui Costa já garantiu o funcionamento da policlínica, mesmo sem a adesão de Porto Seguro e Eunápolis.

Quem perde com a atitude de Cordélia é a população de Eunápolis que continuará dependendo apenas das ofertas de saúde atuais.

A policlínica regional da Costa do Descobrimento é a décima sétima do estado e Eunápolis é a única cidade sede que fica de fora.

Para Ana Claudia, moradora próximo a policlínica, a cidade não pode ficar de fora. “Que a prefeita tenha suas divergências políticas com o governador Rui Costa é aceitável, agora fazer a população pagar? Isso é desumano”, disse ela.

Da Redação Namidia News

Comente com Facebook