Imagens de câmeras de segurança são analisadas pela polícia para identificar suspeito de espancar cão em Eunápolis

Nesta segunda-feira (31), a polícia começou a analisar imagens de câmeras de segurança para tentar identificar dois suspeitos de espancar um cachorro a pauladas. 

O crime ocorreu em Eunápolis, sul da Bahia, na semana passada. As imagens mostram que, ao chegar ao local, um dos homens retira um pedaço de pau do porta malas do carro, objeto que teria sido utilizado para agredir o animal. 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Bernardo Pacheco, em depoimento à polícia, a dona do cão permaneceu calada, mas disse informalmente à imprensa que os dois homens haviam se defendido após serem atacados pelo cachorro. 

Ela foi presa em flagrante na quinta-feira (27). Na ocasião, a tutora afirmou ter contratado um homem para levar o cachorro no Centro de Zoonoses do município para ser sacrificado, porém, ele tentou executar o animal por conta própria, com golpes de pau, dentro da casa dela. 

Ela foi liberada no dia seguinte ao crime, por não ter antecedentes criminais, ser idosa e ter endereço fixo. Contudo, vai responder por crimes de maus-tratos. 

Estado de saúde do cachorro

O cachorro passou por cirurgias e está se recuperando bem. Ele foi resgatado após vizinhos ouvirem os latidos e acionarem a Polícia Militar, no município de Eunápolis, sul da Bahia. 

O animal foi levado para um hospital veterinário da região, onde recebeu o nome de “Beto” e segue internado. O bicho sofreu várias fraturas, inclusive nos dentes, e lacerações pelo corpo. Nesta segunda-feira (31), o quadro de saúde dele é considerado estável.

Redação Namidia News, com informações e fotografia/ reprodução:TV Santa Cruz

Comente com Facebook