A Secretaria de Educação de Santa Cruz Cabrália comemora a finalização da construção do currículo do campo e também o dia do diretor

Ontem, o secretário de educação, a equipe da secretaria e todos os profissionais da educação do campo fizeram uma linda comemoração para encerrar um ciclo de estudos e construção do novo currículo do município, nessa etapa – educação do campo, importante para área da educação e também comemoraram o dia do diretor antecipado, pois, a data é hoje dia 12 de novembro.

Com várias homenagens a equipe, diretores e a articuladora do curso Ivanilda Poiares, o encontro contou com momentos emocionantes, com direito à apresentação musical da linda menina Maria Flor.
O prefeito Agnelo Santos também esteve presente no encontro, acompanhado pela primeira-dama Lauren Lélis que receberam uma linda homenagem dos participantes do grupo e homenagens vindas até de Portugal.

Na ocasião, o prefeito falou de sua alegria pelos resultados positivos da educação de Cabrália, parabenizou os professores e diretores pelo ótimo resultado do IDEB e afirmou que ele sempre colocará a educação como prioridade do município, seja ela do campo ou da cidade.


O secretário de Educação Iszael Fernandes também parabenizou a todos os profissionais da educação do campo e diretores por todo esforço e dedicação para que a construção do currículo se tornasse realidade, pois o currículo foi construído com a participação de todos, de forma democrática e incansável, inclusive com as escolas indígenas e parabenizou também os diretores pela força e presença nas escolas durante à pandemia, que se preocuparam em entregar os kits alimentação para os alunos, entre outros desafios que se apresentaram nessa nova conjuntura escolar nesse ano de 2020.

A educação do campo como bem falou à coordenadora Thaís Farias é antes tudo, uma educação que acredita e respeita o homem do campo, na sua capacidade e força para realizar sonhos.

Portanto, a educação do campo, e de fundamental importância, pois coloca no contexto escolar camponês, práticas educacionais condizentes com a realidade, a cultura e a identidade do povo do campo, possibilitando um resgate cultural da população camponesa e também indígena, que é uma especificidade do currículo e da história de Cabrália, como também permite que essa população permaneça em seu espaço, se assim ela desejar, sem se deslocar para os centros urbanos, isso significa dizer uma educação que valoriza o ambiente de cada aluno.

Por tudo isso, a educação de Cabrália está feliz, em construir um currículo que valoriza e respeita seus cidadãos.

Fonte: Namidia News

Comente com Facebook