Vereador atropela 30 motociclistas e deixa dois mortos em Pernambuco

O vereador Pedro Marconi de Souza Barros (PTC), da cidade pernambucana de Brejo da Madre de Deus, causou um acidente no último domingo (23). O parlamentar atropelou 30 motociclistas que vinham em um comboio na rodovia PE-96, em Água Preta, no Pernambuco.

No acidente, dois motociclistas morreram e o vereador foi autuado por homicídio culposo e lesão corporal. Um vídeo que circula nas redes sociais registrou o momento da colisão e o estado em que ficou a via com a batida.

Pedro estava dirigindo sua caminhonete acima da velocidade. De acordo com a delegada Juliana Bernat, a qual é responsável pelo caso, o velocímetro do carro do vereador travou nos 110 km/h, enquanto o limite permitido era de 60 km/h.

Caso Marconi seja condenado pelo o ocorrido, ele pode pegar até seis anos de reclusão.

“O caso não cabe dolo, porque dolo é quando há intenção de matar. Mas pode caber dolo eventual [quando o motorista assume o risco, de acordo com o Código Penal] durante as investigações. Tudo vai depender do resultado da perícia”, explicou a delegada.

Câmara de Vereadores de Brejo da Madre de Deus

Por meio de nota, o Legislativo municipal se pronunciou em relação ao caso.

“O Poder Legislativo de Brejo se solidariza com os familiares das pessoas envolvidas nesse trágico acidente, ao mesmo tempo que temos prestado ao vereador Pedro Marconi o apoio necessário”, ressaltou.

Fonte: Isto É

Comente com Facebook