Processo seletivo para o Censo 2022 IBGE é cancelado

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou nesta segunda-feira (18) que cancelou o processo seletivo para contratação de novos recenseadores e agentes censitários para o Censo demográfico de 2022. O dinheiro de quem já se inscreveu será devolvido.

O contrato com o Cebraspe, que iria organizar o processo soletivo, chega ao fim hoje e não será prorrogado, informou ainda o IBGE. Até então, o concurso estava suspenso.

O órgão informou em nota que usará seus canais para explicar os procedimentos para devolução das taxas de inscrição já efetuadas. Agora, o IBGE procura uma nova empresa para fazer o processo seletivo.

O processo foi suspenso em abril, depois que o Congresso aprovou o Orçamento que destinava somente R$ 71 milhões para realização da pesquisa. A previsão era de contratar 204 mil pessoas.

Em 2021, o IBGE cancelou o processo seletivo para os mesmos cargos por conta da pandemia.

Vagas
No concurso, são ofertadas 204.307 vagas temporárias para fazer parte do Censo Demográfico. O salário é de até R$ 2,1 mil e há vagas em quase todas as cidades do país. 

São 181.898 vagas para recenseador, que recebe remuneração por produção, de acordo com número de domicílios visitados e questionários respondidos. Outras 5.450 vagas são para Agente Censitário Municipal, com salário de R$ 2,1 mil. Por fim, há 16.959 vagas para Agente Censitário Supervisor, com salário de R$ 1,7 mil.

Para ser recenseador, é preciso ter ensino fundamental completo. Já para agente censitário, é preciso ter completado o ensino médio. 

Comente com Facebook