Problema em usina hidrelétrica causou novo apagão no Amapá, diz Eletronorte

Novo apagão que atingiu o estado do Amapá
Novo apagão atingiu o estado do Amapá na terça-feira (17) (Foto: Reprodução/Twitter)

A Eletronorte divulgou nota para explicar o novo apagão que atingiu o estado do Amapá, na noite de terça-feira (17). O problema foi registrado 14 dias depois de colapso na rede de transmissão da Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE) ter deixado 13 dos 16 municípios do estado sem energia.

“Por volta das 20h31 desta terça-feira (17) ocorreu o desligamento da Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes em decorrência de um evento externo à Usina, provavelmente no sistema de distribuição elétrica”, disse a empresa.

“Os técnicos da Eletronorte restabeleceram a geração da Usina e o fornecimento de energia está sendo recomposto gradualmente pela Companhia de Eletricidade do Estado do Amapá (CEA) e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS)”, acrescentou a companhia.

A Eletronorte esclareceu também que não é proprietária do sistema de distribuição ou transmissão de energia no estado e direcionou os interessados ao site do ONS (www.ons.org.br) para mais informações.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de Macapá, houve uma sobrecarga no transformador da subestação da cidade. Ainda de acordo com a administração da capital, o aparelho está sendo reenergizado e a energia gradativamente irá voltar.

Já o governo do estado informou em mensagem publicada no Twitter que “trabalha com os órgãos responsáveis para esclarecer os motivos do novo problema e cobrar a resolução imediata da situação”.

O texto na rede social incluía a explicação da Eletronorte e também uma mensagem do Ministério de Minas e Energia afirmando que o “sistema apresentou instabilidade”, que as causas estão sendo investigadas e que o sistema seria restabelecido gradualmente.

Por meio do perfil que mantém no Twitter, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) falou sobre o assunto.

“ATENÇÃO!! Estamos novamente com APAGÃO TOTAL no Amapá. É URGENTE um esclarecimento das autoridades responsáveis sobre o que aconteceu neste momento” cobrou.

O apagão no Amapá

O estado enfrenta falta de energia elétrica em várias regiões desde o dia 3 de novembro, quando um incêndio atingiu o transformador 1 da subestação da empresa Isolux, no norte de Macapá, que faz a conexão da rede local ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

Conforme laudo preliminar da Polícia Civil, o problema foi causado pelo superaquecimento de uma bucha, peça presente no transformador. As investigações ainda aguardam laudo conclusivo.

Em função do apagão, a Justiça Eleitoral adiou as eleições municipais de 2020 em Macapá.

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá definiu que o primeiro turno do pleito na capital será em 13 de dezembro e um eventual segundo, em 27 de dezembro – na semana do Natal. 

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de CNN

Comente com Facebook