Petrobrás reduz 4,7% o preço do gás de cozinha

A redução da Petrobras de 4,7% no preço de venda do GLP, combustível usado no gás de cozinha, começou a valer nas refinarias da estatal a partir de terça-feira (13).

O corte de R$ 0,20 foi anunciado na segunda-feira, 12, e é a primeira queda no preço do GLP vendido pela Petrobras desde abril.

A mudança no GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) acontece após outras reduções recentes da Petrobras nos preços de gasolina, diesel e combustível de aviação – os valores dos derivados de petróleo e outros combustíveis têm caído diante de cotação mais baixa no mercado internacional.

O preço do GLP nas refinarias da estatal passará de R$ 4,23 para R$ 4,03 por quilo. Assim, 13 quilos de GLP (a massa usada em um botijão de gás comum) passam a custar R$ 52,34, uma redução de R$ 2,60 por botijão.

O GLP, vale lembrar, diz respeito somente ao gás de botijão. Residências com gás encanado não usam GLP, mas gás natural, que têm outros preços.

Além da fatia referente à Petrobras, o preço final do botijão vendido ao consumidor inclui ainda tributos, custos e margem de lucro ao longo da cadeia. O preço final médio do botijão no Brasil estava em R$ 111,57 na semana encerrada em 3 de setembro, data da última medição da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Fonte: exame

Comente com Facebook