Padre Fábio de Melo revela paixão que quase o fez abandonar a Igreja

Paixão avassaladora

Em conversa com a apresentadora Márcia Goldshmidt, o Padre Fábio de Melo revelou que já teve uma grande paixão em sua vida que quase o fez abandonar a batina. O sacerdote disse que tudo aconteceu na época da faculdade, em 1993.

De acordo com Fábio, o relacionamento durou entre quatro e cinco meses. “Já me apaixonei antes de virar padre e quase saí.

Eu fazia faculdade de filosofia e vivia uma paixão avassaladora que durou uns quatro, cinco meses”, afirmou.

O sacerdote ainda revelou que recebeu um conselho não muito ortodoxo de um colega. “Na época, o padre Léo, que foi muito presente na minha vida, me deu um conselho nada ortodoxo.

Ele me disse assim: ‘Você não vai deixar de viver esse amor’. E eu falei: ‘Léo, eu sou seminarista, estou traindo’. Mas ele me explicou que eu fiz votos temporários e que nada era definitivo.

Ele disse ‘Vai que essa é a mulher da sua vida?’… chegou um momento em que a menina decidiu por nós. Ela foi muito lúcida, sábia. Doeu muito, mas as palavras dela fizeram sentido”, disse.

Fábio relembrou as palavras ditas pela amada no fim do relacionamento. “Ela disse: ‘Eu tenho passado lá na sua casa e outro dia eu parei, fiquei olhando e pensei como sou pequena demais para lutar contra tudo isso’.

Ela estava com as lágrimas e falou: ‘Não tenho força para lutar contra aquela casa, com aquela estrutura e tudo o que significa para você. Vai ser padre, menino’. Aí eu fui embora”, revelou.

Padre Fábio ainda disse como se sentiu após o fim do relacionamento. Para ele, parecia que o mundo tinha acabado.

“Chorei, chorei, chorei. Fiquei tão desolado, mas aquela frase nunca mais saiu de mim… uma mulher linda, linda, linda. Inteligentíssima”.

O reencontro dos dois aconteceu em 2001, em uma loja. “Ela brincou com a situação, mostrou o filho e falou: ‘Esse é meu menino, poderia ser nosso, mas não deu certo’. Tava casada, feliz da vida”, disse.

Fonte: Varela Notícias

Comente com Facebook