‘Meu pai bate na minha mãe’: Criança pede socorro em recado deixado em prova

A população de Vale do Anari, em Rondônia, ficou comovida com o apelo desesperado de uma criança.

O menino de oito anos, assustado com a violência doméstica contra a mãe, pediu em um bilhete escrito no final de uma avaliação escolar que a professora chamasse a polícia.

“Por favor me ajuda. Meu pai bate na minha mãe. Chama pra mim a polícia”, escreveu o garoto, junto de seu endereço.

Conforme o jornal local Diário da Amazônia, a instituição apurou que a mãe do garoto sofria diversas agressões do marido, além de ameaças e violência psicológica.

As autoridades estiveram no local informado pelo menino. Assim, levaram ele e seus três irmãos – de 16, 14, e 13 anos – a um abrigo da cidade.

De acordo com a corporação, as crianças também eram vítimas das violências praticadas pelo homem há mais de dez anos. A família ficará sob proteção enquanto aguarda decisão da Justiça.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de BHAZ

Comente com Facebook