Menina que caiu do 9º andar em BH passa 1ª noite sem respirador

Clara Pereira, de 10 anos, sobreviveu a uma queda do 9º andar de um prédio em Belo Horizonte — Foto: Wallace Paes/Arquivo pessoal

Clara Pereira, que sobreviveu a uma queda do 9º andar de um prédio em Belo Horizonte há nove dias, passou a primeira noite internada no hospital respirando sem ajuda de oxigênio. A informação foi dada pelo pai, Wallace Pereira, que comemora todas as melhoras da filha no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. “Vitória”, disse Wallace nesta terça-feira (22).

A criança passava o feriado no apartamento de um casal de primos. No início da madrugada, ela foi encontrada caída dentro da área privativa do 1º andar do edifício, após bater em telhas. A família suspeita de sonambulismo.

A menina quebrou a perna e o braço esquerdos, e teve ainda uma fratura no rosto, do mesmo lado. Ela foi submetida a duas cirurgias ainda no domingo, a última para reconstruir o braço e o queixo. Este procedimento durou cerca de 12 horas.

De acordo com o pai, ela tirou o respirador nesta segunda-feira e passou a primeira noite respirando sozinha. Os exames de sangue e raio-x do pulmão estão normais.

“As quebraduras estão bem doloridas ainda, mas era de se esperar. A médica do plantão de hoje desligou o oxigênio dela por volta das 21h pra fazer um teste e ela está respirando sozinha desde então e bem tranquila, graças a Deus. Só vitórias”, disse o pai no fim da noite.

Ainda não há previsão para que a menina deixe o CTI, mas a família está confiante em sua recuperação. A Polícia Civil investiga a queda da menina.

Prédio onde a menina de 10 anos caiu do 9º andar, em Belo Horizonte — Foto: Reprodução/TV Globo
Fonte: G1

Comente com Facebook