Lula chega a hospital em SP para início das sessões de radioterapia

Ex-presidente foi diagnosticado com câncer de laringe em outubro.
Tratamento por radiação se estenderá por seis semanas, diariamente.

O ex-presidente Lula no estádio do Ibirapuera, em São Paulo (Foto: Ricardo Stuckert / Divulgação / Instituto Lula)

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva iniciou na manhã desta quarta-feira (4) o tratamento de radioterapia para combater um câncer de laringe, diagnosticado em outubro. Ele chegou sozinho ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, às 10h42 e foi encaminhado diretamente para o local do tratamento.

A expectativa é de que Lula não permaneça internado durante esta fase do tratamento. Ele deve deixar o hospital ainda nesta quarta, segundo sua assessoria.

Na nova fase do tratamento, que deve durar seis semanas, o ex-presidente receberá radiação para tentar eliminar o que resta do tumor. Durante esse período, Lula deverá ir ao hospital diariamente, exceto aos fins de semana, para as sessões de radiação.

Desde o início do tratamento, os médicos descartaram a possibilidade de cirurgia.

No último dia 13 de dezembro, Lula realizou a última das três sessões de quimioterapia, primeira etapa do tratamento. Após os primeiros exames, a equipe médica informou que o tumor na laringe, diagnosticado em outubro, havia sofrido uma redução de tamanho de 75%.

 

 

G1

Comente com Facebook