Homem morre em explosão durante churrasco com amigos

O assistente técnico Edelson de Morais, de 36 anos, morreu no sábado (29) após ficar 20 dias internado. Ele sofreu queimaduras pelo corpo depois de uma explosão, ao tentar acender uma fogueira em Mongaguá, no litoral de São Paulo. As informações são do jornal A Tribuna.

De acordo com a família da vítima, o acidente aconteceu no último dia 9, Dia dos Pais, durante um churrasco. O rapaz tentou acender uma fogueira com um galão de etanol quando houve uma explosão, resultando em queimaduras graves.

A vítima foi socorrida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Mongaguá e depois transferida para a Santa Casa de Santos, onde ficou internada por 20 dias, mas não resistiu aos ferimentos. Conforme a Polícia Civil, a corporação só foi informada do ocorrido após o falecimento do rapaz.

Além de Edelson, a mulher e mais três casais de amigos estavam na casa na hora do acidente. O boletim de ocorrência foi registrado no 7º DP de Santos como lesão corporal seguida de morte. A 1°DP de Mongaguá, delegacia da área, ficará responsável pelas investigações do caso.

Fonte: Isto É

Comente com Facebook