Elizabeth Bagley é indicada por Biden para chefiar embaixada dos EUA no Brasil

Joe Biden, presidente dos EUA, anunciou através da Casa Branca que a advogada e ativista Elizabrth Frawley Bagley deve ser enviada para chefiar a embaixada no Brasil.

A embaixada disse que ainda precisa ser confirmado pelo Senado dos EUA, mas que detalhes do cronograma devem sair em breve.

“Sua experiência diplomática inclui serviço como conselheira sênior dos Secretários de Estado John Kerry, Hillary Clinton, e Madeleine Albright. Ela também serviu como representante especial para a Assembleia Geral das Nações Unidas, representante especial para Parcerias Globais, e embaixadora dos EUA em Portugal”, estava escrito no comunicado.

“No início de sua carreira, a sra. Bagley trabalhou com o Departamento de Estado e Congresso para os Tratados do Canal do Panamá, foi assistente especial para os Acordos de Camp David e auxiliou nas conexões com o Congresso para a Conferência sobre Segurança e Cooperação na Europa (Acordos de Helsinki) em Madri, Espanha. A sra. Bagley é Bacharel na Regis College, Weston, Massachusetts, e Doutora em Direito pelo Centro de Direito da Universidade de Georgetown”, é uma parte de seu currículo.

A Casa Branca também anunciou três novos indicados para chefiar embaixadas:

  • Jane Hartley, indicada a embaixadora no Reino Unido;
  • Alexander Laskaris, indicado a embaixador na República do Chade;
  • Alan Leventhal, indicado a embaixador na Dinamarca.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de g1