Auxílio emergencial: Bolsonaro diz ter pago 800 dólares aos brasileiros

Nesta terça-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo pagou um auxílio emergencial de 800 dólares para 68 milhões de pessoas em 2020.

O presidente discursou na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).

No ano passado, o auxílio emergencial oferecido para população foi de R$ 600, pouco mais de US$ 113 dólares na cotação atual. Para as mães solteiras o valor pago foi de R$ 1200, o que totalizaria US$ 223.

“As medidas de isolamento e lockdown deixaram um legado de inflação, em especial dos gêneros alimentícios, no mundo todo. No Brasil, para atender aqueles mais humildes, obrigados a ficar em casa por decisão de governadores e prefeitos e que perderam sua renda, concedemos um auxílio emergencial de 800 dólares para 68 milhões de pessoas em 2020”, disse Bolsonaro na ONU.

O presidente ‘esqueceu’ de citar que o valor correspondia ao pago na média anual. Por isso, o pronunciamento ambíguo gerou revolta nas redes sociais.

Conforme balanço da Caixa, o governo desembolsou R$ 293,1 bilhões de auxílio direcionados a quase 68 milhões de pessoas no ano passado. Em média, foi gasto R$ 4,3 mil, o que justificaria a conversão em dólares. Entretanto, o presidente não deixou explícito na fala que o valor era a soma de todas as parcelas disponibilizadas em 2020.

Por Redação Namidia News

Comente com Facebook