Assassino do ator Rafael Miguel é preso

Nesta quarta-feira (28), o assassino do ator Rafael Miguel foi preso. Paulo Cupertino era procurado pela polícia desde junho de 2019 e foi encontrado no interior do Paraná. No entanto, as informações foram dadas pelo programa Balanço Geral, da Record TV.

Usando o nome falso de Manoel Machado da Silva, Paulo Cupertino Matias, de 49 anos, seguia impune e foragido da Justiça, no interior do Paraná. Ele conseguiu tirar um novo RG e, sob o nome falso, seguia escondido. Paulo é acusado de ter assassinado a tiros o ator Rafael Miguel e os pais dele, em São Paulo, no ano passado.

No entanto, a fraude foi descoberta pela Polícia Civil paranaense na segunda-feira (26) e a polícia paulista, que investiga o crime, logo foi comunicada. De acordo com policiais do Paraná, Paulo teria apresentado outros documentos falsos a um funcionário público da Prefeitura de Jataizinho para conseguir a identidade fake.

Relembre o caso

Rafael Miguel, de 22 anos, era namorado de Isabela Tibcherani, filha de Paulo Cupertino. No dia 09 de junho do ano passado, o comerciante deu 13 tiros no ator. Ele era contra o relacionamento dos jovens. Além disso, Paulo assassinou também os pais de Rafael, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50. Os três tinham ido à casa da família de Isabela, no bairro Pedreira, na Zona Sul de São Paulo. 

Câmeras de segurança registraram o crime brutal e a fuga do assassino. No mesmo mês, Paulo Cupertino se tornou réu. Além disso, ele é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. No entanto, dois amigos dele, que teriam facilitado sua fuga, respondem por favorecimento pessoal.

Fonte: Terra

Comente com Facebook