SSP da Bahia cria Força Tarefa para atuar no conflito entre fazendeiros e indígenas

Foi iniciada nesta terça-feira (13/09) uma Força Tarefa formada pela Secretaria Estadual de Segurança Pública para atuar no conflito entre fazendeiros e indígenas na região do município de Prado, aonde membros da etnia Pataxó chegaram a bloquear rodovias da região em protesto pela morte de um adolescente indígena de 14 anos, morto a tiros na madrugada do dia (04/09).

Os índios ainda denunciam mais dois ataques de pistoleiros ocorridos nos dias 06/09 e 07/09 e dizem que 38 famílias Pataxós correm perigo de vida.

A Força Tarefa conta com a participação de policiais militares do Batalhão de Choque, CIPE/Mata Atlântica, CIPPA/Porto Seguro, 8º BPM, 88ª CIPM/Alcobaça, 7ª CIPM/Eunápolis, 43ª CIPM/Itamaraju e agentes da Polícia Civil. Sob o comando do Tenente Coronel PM Wildon Teixeira, comandante do Batalhão de Choque.

A primeira reunião das equipes aconteceu na sede do 8º BPM, em Porto Seguro, onde ocorreram os alinhamentos e discussões de estratégias a serem adotadas para combater os pistoleiros armados, mediar o conflito e restabelecer a ordem e a segurança na região.

Comente com Facebook