Setur e Sebrae qualificarão guias para atender com segurança na retomada

Com o objetivo de capacitar guias turísticos a atender, durante o processo de retomada, de acordo com os protocolos sanitários adotados na pandemia, a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) oferece, em parceria com o Sebrae, o Curso de Qualificação em Turismo e Biossegurança para Guias e Condutores da Bahia. As aulas serão ministradas em quatro módulos, de forma virtual e gratuitamente, a partir desta terça-feira (8). Além disso, as demais etapas do curso ocorrem nos dias 10, 15 e 17 de setembro, para todos os inscritos, cujo número superou as expectativas.

A metodologia utilizada será a explanação de conteúdos através de protocolos, cases, vídeos e slides. Haverá momentos para tirar dúvidas e trocar percepções, bem como a aplicação de uma ferramenta de verificação do aprendizado. Será disponibilizado também aos participantes um e-book com os conteúdos abordados e gravação das oficinas.

“É importante multiplicar estas informações e condutas sanitárias entre os profissionais do turismo para que os visitantes possam ser recebidos com toda a segurança neste início de retomada”, afirma o superintendente de Promoção e de Serviços Turísticos da Setur, Márcio Franco.

Impactos da pandemia no turismo

Conteúdo – No primeiro dia do curso serão abordados os impactos da pandemia no turismo; tendências para o turismo pós-pandemia e iniciativas de sucesso de alguns destinos pelo mundo. No entanto, no dia 10, o conteúdo gira em torno das medidas a serem adotadas; sanitização de ambientes (incluindo roupas, equipamentos, etc.); aparência e higiene pessoal; comunicação; monitoramento e marketing pessoal (com dicas de posicionamento de imagem para a retomada do turismo).

As aulas do dia 15 serão sobre o programa Turismo Responsável, Limpo e Seguro, do Ministério do Turismo (MTur); protocolos do MTur: turistas, guias, agências, transportadoras, e como conquistar o Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro.

No encerramento, no dia 17, os temas abordados serão: informações mínimas a clientes; o papel do guia de turismo e condutor de atrativos na segurança do turista; NR 32 – segurança e saúde no trabalho em serviços de saúde e protocolos de biossegurança no atendimento aos primeiros socorros.

Fonte: Assessoria de Comunicação /Setur

Comente com Facebook