Sesab informa recebimento de 150 mil doses após estoque zerado de vacinas BCG em cidades do interior da Bahia


A Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) informou nesta quinta-feira (2) que o estado recebeu 150 mil novas doses de vacinas BCG. A chegada ocorreu na quarta-feira (1º), após algumas cidades baianas ficarem com estoque zerado da vacina.

A BCG faz parte do calendário vacinal infantil e está na lista de nove imunizantes que protegem os recém-nascidos de diferentes doenças, como a tuberculose, por exemplo. Os especialistas indicam que o imunizante seja aplicado após o nascimento do bebê, com o prazo de, no máximo, um ano de idade. 

Por meio de nota, a Sesab informou que a Coordenação Estadual de Imunização fez reiteradas solicitações ao Ministério da Saúde para que fossem encaminhadas novas remessas e só recebeu uma nova carga com as 150 mil vacinas na quarta, no fim do dia. A distribuição para os municípios foi iniciada ainda nesta quinta-feira. 

Ainda segundo a Sesab, o Ministério da Saúde atrasou o cronograma de entrega da vacina BGC e por isso pode haver desabastecimento em alguns municípios.

As remessas anteriores das vacinas, segundo a Sesab, foram enviadas pelo Ministério da Saúde nos dias 07/10 e 29/09, com 100 mil e 90 mil doses, respectivamente. Ambos os lotes tinham validade até 30/11. 

A Secretaria da Saúde do Estado informou ainda que a aquisição das vacinas é de responsabilidade do órgão federal, cabendo à Sesab a distribuição para os municípios. 

O Ministério da Saúde já havia negado atraso das vacinas e informou que ao longo de 2021, distribuiu 100% das doses solicitadas da vacina BCG para a Bahia. Disse também que não houve solicitação do insumo nos meses de março e outubro, além de que não há desabastecimento da vacina BCG no país, pois existe quantidade suficiente em estoque. 

Comente com Facebook