“Servir e proteger” Tenente-coronel Anacleto França completa cinco anos no Comando do 8º BPM em Porto Seguro

O Tenente-coronel Anacleto França Silva completa neste domingo (22), com garra e dedicação, cinco anos de atividades prestadas à segurança pública, no comando do 8º Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo policiamento ostensivo em Porto Seguro, Belmonte e Santa Cruz de Cabrália.

Durante este período o Batalhão já passou por reformas e reestruturações, recebeu novos equipamentos, de viaturas a armamentos, capacitou a sua tropa, investiu em inovações, buscou novas parcerias e reafirmou outras já existentes e tem estreitado cada vez mais os laços com outras instituições como a Polícia Civil, o Ministério Público, as Prefeituras e entidades de classe da região do extremo sul da Bahia.

Atuante na prevenção e no enfrentamento dos mais variados delitos, com a pretensão de garantir vida, propriedade, o exercício da profissão, lazer e descanso. O Comandante resume em uma expressão: “Servir e proteger”.


O Batalhão alinhado à característica operacional do Comando, tem respondido aos seus anseios e o resultado disso é o decrescente registro de ocorrências como furtos e roubos nos últimos anos, o alto volume de apreensões de drogas e, principalmente, como grande diferencial da unidade, a pronta-resposta a todos os tipos de ocorrências, o que tem mantido a Terra Mater do Brasil como uma das cidades mais seguras do país.

“Durante esse período não tem sido só com palavras que se definiram as ações de policiamento em nossa área de atuação, mas com a capacidade de identificar o inimigo, combatê-lo, e não se pacificar com ele. Assim, seguimos o desafio diário da complexidade de nossas demandas, essas todos os dias nos orientam na busca de novas estratégias e táticas, impostas em especial pelo dilema: recursos escassos x  necessidades ilimitadas.” Ressalta o comandante do 8ºBPM.


Legado

Em comemoração, o Tenente Coronel Anacleto França Silva, agradece a Deus pela proteção constante, nesse esforço quase sobre-humano de liderar a PM na luta contra a criminalidade na “Terra Mãe do Brasil”.

Agradeço a comunidade que nos ajuda nesse sacerdócio extremamante difícil e pouco compreendido. As Autoridades das Instituições de defesa social que labutam em conjunto conosco nessa cruzada contra o mal.

A todas as Instituições da sociedade civil organizada nos seus diversos setores, públicos e privadas, personalidades, amigos, anônimos, homens e mulheres,  cidadãos na concepção da palavra, os quais percebem que sem a segurança pública e a garantia da ordem, nada restará de pé, a não ser o medo e a opressão.

Agradeço em especial aos meus liderados pela prontidão incrível, minha valorosa equipe de trabalho, por assimilarem com entusiasmo esse processo contínuo de aprimoramento de nossas ações, mesmo com auto custo emocional e físico, além dos riscos inerentes ao que fazemos.

Aos meus Comandantes pela oportunidade de me permitir estar à frente dessa incrível Unidade policial que vem se tornando ao longo desses anos o 8°BPM,  uma espetacular máquina de proteção e combate ao crime. Sigamos a batalha, ainda há muito a se fazer.

“Acredite sempre, não importa as circunstâncias. É provável que as dificuldades acabem por surgir, mas se nunca duvidar, sua determinação fará o resto. Até aqui nos ajudou o Senhor”. Finalizou Anacleto França Silva Tenente-coronel PM comandante do 8º BPM.

Redação Namidia News

Comente com Facebook