Rui Costa anuncia que servidores só poderão trabalhar se tiverem tomado as duas doses da vacina

Nesta segunda-feira (1º), o governador Rui Costa anunciou que só poderão trabalhar os servidores estaduais que tomaram as duas doses da vacina.

A medida valerá também para as empresas terceirizadas. O decreto deve ser assinado por Rui ainda esta semana.

“Devo assinar ainda nesta semana um decreto estipulando que somente poderão trabalhar no Estado pessoas que já tenham tomado as duas doses da vacina contra a Covid19.
O decreto valerá também para as empresas terceirizadas”, escreveu o governador.

“Os novos concursos que vamos fazer, Polícia Civil, Secretaria da Fazenda, pretendemos colocar como exigência para inscrição em concurso público apresentar o comprovante de vacinação”.

“Várias medidas nós estamos estudando, tanto como acesso a locais, passageiros que cheguem, exigência tanto como servidores públicos, quem trabalha prestando serviço para o Estado. Se as pessoas trabalham, não podem estar expondo as outras pessoas às doenças”, afirmou. 

O governador entende que as exigências são legais por se tratar de uma questão de saúde pública. “O direito individual de se vacinar ou não, pertence à pessoa. Nenhum de nós quer que alguém se jogue de um prédio de 20 andares, se puder salvar essa pessoa a gente vai tentar, mas acaba sendo opção dela. Agora, ela não tem direito de empurrar alguém do 20º andar. Um servidor pode ter decisão de não se vacinar, mas não tem direito de ir trabalhar no Roberto Santos, HGE, e contaminar os pacientes, os colegas. É direito do Estado restringir que essa pessoa possa matar, indiretamente, outras pessoas. Estamos esperando só ter o ciclo da segunda dose e vamos restringir”, garante.

Comente com Facebook