Quatro mulheres são presas por tráfico de drogas em Irecê

Quatro mulheres foram presas em flagrante por tráfico de drogas, na quinta-feira (2), em Irecê, por equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) do município. O grupo estava em um imóvel, onde a polícia apreendeu 33 porções de cocaína e a quantia de R$ 740.

Uma das mulheres também teve um mandado de prisão preventiva por homicídio cumprido. Ela é suspeita de envolvimento na morte do professor Maikon Wesley Evangelista Brito de Barros, ocorrida na cidade de Mundo Novo. Ele desapareceu no dia 7 de abril e teve o corpo localizado em 12 de maio.

De acordo com o titular da DTE/Irecê, delegado Alex Nunes Rocha, as prisões ocorreram durante incursões realizadas pela Polícia Civil para localizar quatro criminosos foragidos da carceragem da Delegacia Territorial (DT), daquele município.

“Recebemos uma denúncia de que a companheira de um dos foragidos estaria no local e poderia ter auxiliado na fuga dos presos, passando informações sobre a movimentação no entorno da unidade policial”, explicou o delegado.

O material apreendido seguiu para a perícia e as mulheres, que foram submetidas a exames de lesão corporal, estão à disposição da Justiça. “Seguimos com as diligências para recapturar os foragidos”, informou Alex Nunes.

Equipes da DT e da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Irecê, além da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Chapada) também participaram da ação.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de sspBahia

Comente com Facebook