Prefeito reduz próprio salário e dos secretários pela metade em razão da Covid-19 na Bahia

Redução de salário

Em uma decisão inédita, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), prefeito de Brumado, decidiu reduzir seu próprio salário e dos secretários da administração municipal em 50%, em razão dos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

Segundo Vasconcelos, em um momento de dificuldade como esse, é o mínimo que a administração pode fazer.

“É um momento de austeridade. Como que a gente pode querer cobrar sem dar o exemplo?

Alguns vão discordar e dizer que isso não representa muito em termos de economia, mas, ainda que represente pouco em termos de dinheiro, representa muitos em termos de exemplo”, declarou.

A medida pode valer até 90 dias, levando em conta os efeitos da paralisação da economia decorrente da quarentena.

Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), prefeito de Brumado

Com informações do Bahia Notícias

Comente com Facebook