PM é morto e outro baleado durante perseguição a bandidos em alto-mar

Valdir Moura dos Santos foi baleado na cabeça e não resistiu aos ferimentos

Dois policiais militares foram baleados durante uma perseguição em alto-mar entre o povoado de Gamboa, no município de Cairu, e a cidade de Valença no início da tarde desta segunda-feira (27). Eles foram atingidos em uma lancha rápida enquanto perseguiam um barco com cinco homens suspeitos de terem baleado um policial civil.

O soldado Valdir Moura do Santos, 38 anos, foi baleado na cabeça e não resistiu aos ferimentos. Já o também soldado Raimundo Rosemberg da Silva Carmo, 39, foi atingido nas costas. Os dois foram socorridos inicialmente para a Santa Casa de Misericórdia de Valença e encaminhados em um helicóptero para Salvador.

Valdir morreu ao dar entrada no Hospital do Subúrbio e Rosermberg foi socorrido para o Hospital da Bahia, na avenida Magalhães Neto, onde foi operado e passa bem. Segundo a delegacia de Morro de São Paulo, durante a perseguição, os policiais foram surpreendidos pelos bandidos, que estavam escondidos no porão do barco e fugiam com destino a Valença.

Policiais da região foram acionados e estão em busca aos criminosos, que conseguiram fugir após atingir os policiais. A suspeita é de que os suspeitos tenham fugido para uma região de mata entre as localidades de Galeão e Igaraporá.

Segundo o investigador Martins Cardoso, a topografia da área atrapalha as buscas: “é uma área de topografia muito ruim. Há muitas ladeiras e tem lugares carros nem entram. Mas estamos emprenhados em encontrar os elementos”.

O soldado Valdir era lotado na 33ª Companhia Indepedente da Polícia Militar (CIPM/Valença), onde Raimundo também trabalha.

 

CORREIO DA BAHIA

Comente com Facebook