Moradores acordam com tremores de terra em várias cidades da Bahia

Moradores acordam com tremores de terra em várias cidades da Bahia https://namidia.news/bahia/moradores-acordam-com-tremores-de-terra-em-varias-cidades-da-bahia/

Posted by Namidia News on Sunday, August 30, 2020

Na manhã deste domingo (30), moradores de várias cidades da Bahia, como Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá, Amargosa, Castro Alves e Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, relataram a ocorrência de tremores de terra. Não há registro de feridos. 

Os relatos indicam que o primeiro tremor, o mais forte, começou pouco antes das 8h e durou cerca de 20 segundos. Depois, uma nova trepidação, desta vez mais branda, por volta das 8h20. 

Vale lembrar que recentemente Cachoeira também passou pela mesma situação.

Os tremores ocorreram logo pela manhã, por volta das 7h30. “Foi um tremor de terra de 1 a 2 segundos, tudo na minha casa tremeu, foi um tremor rápido, mas de início foi uma sensação ruim, nós de Castro Alves nunca presenciamos um tremor, ficamos preocupados. Foi relatado também de tremores em Nazaré, Santo Antônio de Jesus, Amargosa, Sapeaçu, mas ainda não sabemos a origem desse tremor”, contou o estudante Kaylan Anibal, 19 anos.

O prefeito de Amargosa, Júlio Pinheiro, também sentiu o tremor e já acionou as autoridades competentes para entender o que aconteceu. “Sentimos um tremor em Amargosa e há relatos de que isso ocorreu na região inteira. Não sabemos ainda o que aconteceu, estamos buscando junto com a Defesa Civil do estado para ver se algum centro de sismologia registrou”, contou.

Segundo o gestor municipal o tremor foi rápido, mas de grande intensidade. “Foi um tremor forte e durou uns três segundos, foi assustador. Não temos relatos de danos nas ruas ou nas casas, mas estamos com equipes nas ruas para verificar. Fomos informados de relatos da mesma situação em Santo Antônio de Jesus, Mutuípe, Laje, São Miguel, Elísio Medrado”, completa.

Morador da cidade, Rodrigo Matos tomava café com os familiares quando se assustou com o tremor. “Estávamos juntos, tomando café, quando tremeu. Ficamos olhando uns pros outros perguntando se todos sentiram a mesma coisa. Que sensação estranha. Na casa da vizinha as estátuas ficaram batendo umas nas outras depois do tremor”, narra.

Em São Miguel das Matas o tremor também foi intenso. O morador Jadson Penine conta que o chão chegou a tremer pelo menos três vezes. “A primeira foi 7h40, foi muito forte, balançou a casa. E agora, umas 8h15, tremeu de novo, forte. E 8h30 deu um fraquinho. Caíram produtos das prateleiras do mercado. Balançou tudo”.

O tremor foi ainda mais intenso em Santo Antônio de Jesus. Morador do município, Manoel Souza, 53 anos, diz que estava deitado na cama quando sentiu o chão tremer.

“Eu pensei que era um trator, um rolo compressor passando aqui na rua. Tremeu tudo por uns 20, 30 segundos. Olhei pela janela e vi que não tinha nada na rua, foi muito estranho, tinha vizinho que saiu correndo, desesperado. Nunca passei por isso, é uma sensação muito estranha. Soube que aconteceu também em Ilhéus e Itabuna”, relata.

Ainda não há detalhes do que causou os tremores. No site do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo, constam dois registros de terremotos nas regiões de Amargosa e São Miguel das Matas, com magnitudes de 4.2 e 3.7 na escala Richter, respectivamente.

Redação Namidia News, com informações: Blog Bahia10/ fotografias Leandro Alves.

Comente com Facebook