Índios são mortos à tiros e indígenas fecham BR-101 em protesto

Após dois índios serem assassinados por volta das 17:30 da última terça-feira (17), os indígenas fecharam a pista da BR-101 em protesto para que a polícia investigue e dê mais esclarecimento sobre as mortes.
Tudo aconteceu na frente da entrada de uma das fazendas que os indígenas reivindicaram há cerca de um ano entre Porto Seguro e Prado.

De acordo com testemunhas, os dois jovens, um de 25 anos e outro de 16, foram perseguidos e rendidos por pistoleiros em um carro, após serem derrubados, foram executados com diversos disparos de arma de fogo.

Como há a situação entre os indígenas e ruralistas devido a demarcação de terras, o clima segue tenso.

A polícia negocia a liberação da pista com os indígenas.

Comente com Facebook