Governo da Bahia mantém negociações com China e Índia para atrair nova montadora de carros

Montadora da Ford em Camaçari
Montadora da Ford em Camaçari (Foto: Divulgação/Ford)

A fim de minimizar os impactos da saída da Ford do país, que colocou na rua mais de 4 mil funcionários do polo de Camaçari, o governo da Bahia continua as negociações com chineses e indianos para tentar trazer ao estado um nova montadora de carros.

“Nós temos como prioridade atrair uma montadora para tapar esse buraco que a Ford, de forma abrupta, deixou após tomar uma atitude que surpreendeu até seus concessionários. Nós estamos vivendo um momento atípico que é a pandemia, mas o governador e o ex-secretário e vice governador João Leão já manteve contato com várias montadoras da China e Índia e vamos trabalhar incansavelmente para que a gente possa atrair uma nova empresa”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Nelson Leal.

Nesta quarta-feira (12), em assembleia no Sindicato dos Metalúrgicos do município, trabalhadores aceitaram o acordo de pagamento de uma indenização de, no mínimo, R$ 130 mil para cada funcionário que a Ford demitiu.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de BNews

Comente com Facebook