Em Itamaraju, recomeço é o lema da população ao receber eletrodomésticos do Governo da Bahia

Recomeço. É a palavra que define a situação dos moradores da cidade de Itamaraju, no Extremo Sul baiano, afetados pela chuva que atingiu a região no mês de dezembro. A entrega do kits, formado por fogão, botijao de gás, geladeira, colchão e cesta básica, tem sido o principal incentivo para as famílias que perderam bens durante o temporal, simbolizando uma mudança de vida após a inundação.

A doação, feita pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), transformou a realidade de João Rodrigues, de 60 anos, morador do bairro Beira Rio, que teve a casa atingida pela enchente do Rio Jururuçu.

Em um emocionante relato, Seu João, como é conhecido, contou que perdeu documentos, roupas e móveis com a inundação e foi abrigado em uma escola por mais de 15 dias, sob orientação da Defesa Civil e das equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social de Itamaraju.

“Ninguém esperava essa enchente. Eu vivo aqui há dez anos e jamais esperava que isso fosse acontecer. Quando vimos foi o pessoal gritando e alertando para o nível da água”, afirma o senhor de 60 anos.
Para sair do imóvel alagado, Seu João foi resgatado de barco pela Defesa Civil e abrigado em uma escola do município onde recebeu doações.

“Recebi doações de roupas. Saí daqui só com um short, com a roupa toda molhada. Perdi muita coisa. Além dos eletrodomésticos que eu tinha, perdi documentos pessoais e documentos da casa. Perdi quase tudo”, conta João, que vive sozinho, mas é acompanhado rotineiramente pelas equipes do Cras.

Morador de Itamaraju desde os 5 anos de idade, Seu João conta que há 10 anos vive na casa que, em dezembro, foi atingida pela chuva. Pelas ruas do bairro, as marcas do nível que o rio chegou ainda estão evidentes nas paredes das casas de dezenas de famílias.

Itamaraju foi o município onde mais choveu no Brasil em dezembro do ano passado, com 769,8mm de chuva, segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Em Itamaraju, recomeço é o lema da população ao receber eletrodomésticos do Governo da Bahia

Recomeçar

Com deficiência física, após perder parte da perna por conta da diabetes, Seu João afirma que a doação do kit possibilita iniciar uma nova vida no local.
“Fiquei muito agradecido a Deus e as pessoas porque colaboraram comigo. Não vou parar de agradecer. O pessoal da Assistência Social e da Defesa Civil, todos eles colaboraram comigo”, afirma.

A ação beneficiou também o morador do Uanderson Luís Tomé que recebeu eletrodomésticos e já iniciou também a reforma da casa afetada pela chuva. “Tem que agradecer porque na situação que está a gente comprar assim e as coisas encareceram é complicado”, explicou Tomé.

Até agora, a SJDHDS realizou a entrega de 175 geladeiras, 143 fogões e 140 botijões de gás para os moradores de Itamaraju. A ação conta com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, da Superintendência de Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.

“A nossa intenção é minimizar o sofrimento das vítimas,  estar com elas nesse momento de reconstrução e recomeço.  Oferecer proteção e apoio para essas famílias num momento de tanta dificuldade como esse”, explicou o secretário da SJDHDS,  Carlos Martins.

Quase mil eletrodomésticos já foram doados a familias de Itamaraju, Vereda, Santa Cruz da Vitória e Belmonte. Foram 337 geladeiras, 294 fogões e 291 botijões de gás. Outras entregas estão previstas pare serem realizadas nos próximos dias pela Sudec, Bombeiros e SJDHDS.