Dicionário de expressões (anti) racistas é lançado pela Defensoria em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra


A Defensoria Pública da Bahia lançou, em celebração ao Dia da Consciência Negra, um dicionário onde explica o uso de expressões racistas e faz um trabalho de conscientização contra o uso dessas frases. 

A publicação chamada Expressões Racistas do Cotidiano faz parte da série já realizada pelo órgão nas suas redes sociais.

O lançamento ocorreu neste 20 de novembro. Para a coordenadora da Especializada de Direitos Humanos da Defensoria, Eva Rodrigues, que participou da organização do material, como o racismo afeta as pessoas negras de diferentes formas e em diferentes graus, o enfrentamento deve ser feito também em diversas frentes, a exemplo da publicação. 

“O dicionário antirracista reúne diversas expressões comumente ditas pela população, de forma intencional ou não, que são fruto de uma construção racista, ancorada no passado escravagista brasileiro. O que as pessoas muitas vezes não percebem é que estas microagressões afetam diretamente o povo negro, rebaixam sua autoestima e colocam as pessoas negras num lugar de inferioridade moral, estética, social e intelectual frente às pessoas brancas, que seguem intocadas em seus privilégios”, destaca Eva Rodrigues. 
O dicionário está disponível online no site da Defensoria.

Comente com Facebook