Denúncia: Pacientes denunciam ginecologista por assédio durante consulta

Quatro pacientes denunciaram que foram assediadas durante uma consulta com o ginecologista identificado como L. P., que atende no Centro Estadual de Oncologia da Bahia (Cican), em Salvador.

A Polícia Civil investiga os casos e o profissional já foi afastado das atividades.

Na capital baiana, uma mulher prestou denúncia na manhã desta quarta-feira(26) na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Brotas.

A defesa do ginecologista ainda não se pronunciou.

A Polícia Civil informou que só divulgará mais detalhes quando finalizar o procedimento.

O Sesab informou em nota que o profissional continuará afastado até a conclusão da investigação administrativa.

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) também se posicionou, informou que protocolaram a denúncia e que seguirá as medidas pertinentes. Também disseram que caso haja indícios de infração ética, será aberto também um processo ético-profissional.