Coreógrafo baiano radicado nos Estados Unidos ministra residência para bailarinos negros de Salvador

Augusto Soledade e Guego Anunciação
Augusto Soledade (Foto por André Frutuoso) e Guego Anunciação (Foto por Ícaro Ramos)

Inscrições ocorrem até o dia 23 de janeiro e 15 pessoas serão selecionadas

O coreógrafo baiano Augusto Soledade vai ministrar uma residência artística online para bailarinos negros de Salvador e Região Metropolitana. A residência ocorrerá entre os dias 01 e 27 de fevereiro, com doze encontros que acontecerão via plataforma Zoom, sempre às segundas, quartas e sábados. As inscrições ocorrem entre os dias 11 e 23 de janeiro, no site do diretor do projeto, o bailarino, coreógrafo, professor de dança e diretor, Guego Anunciação (https://www.guegoanunciacao.com.br/residenciaartisticaaugustosoledade). A residência culminará em uma mostra final que será exibida online, no YouTube.

Ao todo serão selecionadas 15 pessoas para integrarem a residência, com a seleção feita a partir da análise curricular e análise de vídeo que deverá ser enviado pelos interessados no momento da inscrição. Os candidatos deverão preencher o formulário de inscrição com todas as informações necessárias dentro do prazo estabelecido de acordo com o cronograma. O resultado será divulgado no site de Guego Anunciação, no dia 28 de janeiro. No dia 29 haverá uma reunião com os artistas selecionados, que receberão um cachê para a participação no projeto.

Augusto Soledade é um artista baiano que fundou em 2008 a Brazzdance Company, em Miami. Além de criar a sua técnica de dança, o Afro Fuzion, Soledade vem sendo contemplado desde então com diversos prêmios por sua atuação na área da dança na Flórida (EUA), onde mora.

Diretor do projeto, Guego Anunciação é ativista, bailarino, coreógrafo, professor de dança, diretor, escritor e pesquisador. Pela Universidade Federal da Bahia ele tem bacharelado em Artes com Concentração em Estudos Coreográficos, Licenciatura em Dança, Especialização em Estudos Contemporâneos em Dança e Mestrado em Dança. Guego é diretor fundador da Reforma Cia de Dança e tem se dedicado a desenvolver projetos artísticos com o intuito de democratizar acessos. A sua pesquisa é sobre a inserção de corpos negros em companhias de dança no Brasil e nos Estados Unidos, publicando artigos e marcando presença em uma série de eventos internacionais. No projeto “Balé com Guego”, ele apresenta uma configuração de aulas de balé em uma perspectiva contracolonial.

A chamada pública para a Residência Artística com o Coreógrafo Augusto Soledade é um projeto financiado pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundos da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal. 

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de Imprensa Via Press

Comente com Facebook