Cabelereiro obriga garoto de 15 anos a fazer sexo oral em salão em Itapetinga

Um cabeleireiro que não teve o nome divulgado foi preso e autuado em flagrante após ser acusado de abuso sexual contra um adolescente no município de Itapetinga, no Centro Sul baiano, na última sexta-feira (11). Segundo matéria publicada pelo blog Vitoria da Conquista Notícias, o suspeito obrigou o garoto a fazer sexo oral o ameaçando com uma navalha.

Ainda conforme a imprensa local, o pai do garoto, que não teve o nome divulgado, relatou que o adolescente saiu de casa no intuito de cortar o cabelo em um salão de beleza, localizado na Rua Caravelas, no bairro Camacã e voltou para casa abatido e chorando. Ao ser indagado pelo pai, o menino revelou que foi aliciado pelo cabeleireiro que de posse de uma navalha o obrigou a fazer sexo oral.

O pai da vítima acionou uma guarnição da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que deteve o cabeleireiro ainda no salão de beleza. Em seguida o suspeito foi apresentado no Complexo Policial de Itapetinga, onde foi autuado em flagrante.

 

Comente com Facebook