Banhista é detido durante operação da Guarda Municipal em praia da Bahia

Na tarde deste domingo (20), Agentes da Guarda Civil Municipal realizavam a orientação para saída de banhistas na praia de Amaralina em Salvador.

De acordo informações, um homem desacatou a guarnição, proferindo palavras de teor ofensivo por se opor à proibição da prática esportiva na praia.

Durante a discussão, um guarda teve um ferimento no dedo e foi encaminhado à unidade de emergência para atendimento.

 O homem foi conduzido à Central  de Flagrantes. A operação para retirada de banhistas das praias durante a pandemia foi realizada ao longo de seis meses. Nesse período, 16 pessoas foram detidas.

As praias de capital foram liberadas para uso de banhistas pelo prefeito ACM Neto na sexta-feira (18), porém, a regra vale a partir dessa segunda (21).

Todas continuarão fechadas aos finais de semana e algumas também às segundas.

Em dias de feriado, nenhuma poderá abrir. O uso de máscara é obrigatório enquanto o banhista estiver na areia.

“É uma questão de segurança. Mesmo nos dias de semana poderiam ser palco de aglomeração”, continuou. “No caso das praias do Subúrbio, Ribeira, Amaralina e Itapuã, elas também costumam reunir muita gente às segundas e por isso não estarão abertas nesse dia”, explicou ACM Neto.

Todas as outras praias da cidade terão funcionamento de segunda a sexta. O horário é livre nos dias liberados.

Redação Namidia News, com informações da Guarda Municipal, Jornal Correio/ Foto: Divulgação/Guarda Municipal

Comente com Facebook