Aglomeração de pessoas sem máscaras durante pandemia termina em confusão na Bahia

Na última segunda-feira (7), feriado da Independência do Brasil, uma informação aglomeração de pessoas, que estavam sem máscaras, terminou em confusão em Maiquinique, cidade da região sudoeste da Bahia.

Nas imagens dá para ver muitas pessoas nas ruas. Várias estão próximas uma das outras, sem respeitar o distanciamento mínimo de, pelo menos, um metro entre elas, como forma de prevenção contra a Covid-19. 

Toda a situação ocorreu após uma convenção partidária do DEM, que oficializou a candidatura de Jesulino Porto. Ele está no cargo e tenta a reeleição. 

Fotografias feitas por moradores mostra o momento em que a várias pessoas passam por uma rua da cidade, atrás de um carro de som. 

Houve registro de briga também, uma mulher, que estava envolvida na confusão, é cercada por várias pessoas, na tentativa de acabar com a situação.

Por meio de nota, a Prefeitura da Maiquinique informou que a aglomeração se tratou de uma ação espontânea da população. Disse também que a convenção ocorreu nos limites das dependência da Câmara Municipal, respeitando a legislação e proteção contra a disseminação pelo novo coronavírus. 

Ainda em nota, a prefeitura disse que na entrada da Câmara Municipal houve controle do fluxo de pessoas e exigência do uso de máscara, além da aplicação do álcool em gel. 

Segundo informações divulgadas pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na tarde desta terça-feira (8), a Maiquinique tem 56 casos confirmados do novo coronavírus desde o começo da pandemia.

Comente com Facebook